Confira imagens da Parada LGBT

  • 18/06/2017 foto 1/14

    Tradição

    Cantora Daniela Mercury, que já participou de outras edições, anima o público na tarde deste domingo.

    Rafael Arbex/Estadão

  • 18/06/2017 foto 2/14

    Entusiasmo

    Anitta faz participação especial em um dos trios.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 3/14

    Atrações

    Pabllo Vittar se apresenta em um dos trios elétricos.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 4/14

    Roupas

    Alguns participantes exibem trajes exuberantes.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 5/14

    Previsão

    Após descer toda a Consolação, o desfile chega à Praça Franklin Roosevelt, onde será encerrado às 18h.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 6/14

    Logística

    O trajeto terá apoio de 700 banheiros químicos, postos médicos, ambulâncias, policiais e bombeiros.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 7/14

    Público

    Do público esperado, cerca de 600 mil pessoas devem vir de fora da cidade.

    Rafael Arbex

  • 18/06/2017 foto 8/14

    Tema

    A 21ª edição da Parada do Orgulho LGBT tem como mote a importância do Estado laico.

    Rafael Arbex/Estadão

  • 18/06/2017 foto 9/14

    Atrações

    O evento tem início ao meio-dia na Avenida Paulista, em frente ao Masp, com shows de Anitta e Daniela Mercury e 19 trios elétricos, que levam a multidão até o Vale do Anhangabaú.

    Rafael Arbex/Estadão

  • 18/06/2017 foto 10/14

    Agito

    Os horários específicos de cada atração não foram divulgados – a ideia é que o público aproveite o desfile todo.

    Rafael Arbex/Estadão

  • 18/06/2017 foto 11/14

    Multidão

    A estimativa de público para esta edição é de 2 a 3 milhões de pessoas.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 12/14

    Atendimento

    A Delegacia de Crimes de Intolerância estará de prontidão, caso haja algum episódio de preconceito.

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 13/14

    Animação

    Pouco antes do meio-dia, jovens já começam a se reunir para o evento. 

    Werther Santana/Estadão

  • 18/06/2017 foto 14/14

    Manifestação

    "A Parada é uma festa, sim, mas também uma manifestação", diz Nelson Matias, sócio fundador da Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo (Apoglbt), que há 21 anos organiza o evento.

    Werther Santana/Estadão

Mais galerias

Oferecido por